Amores modernos


Lua de mel. Ela acessa o Facebook para dar uma espiadinha, ele se prepara para a grande noite, rolando no colchão d´água.
— Tô esperando, Lu.
— O que significa isso, Clodovaldo? (Smartphone na mão.)
— O que, mô? É um colchão d´água, uma algeminha de pelúcia e...
— No seu Face.
— Não tô entendendo.
— O que significa “em relacionamento sério com Lucinéia”?
— Ué, que nós...
— Nós?
— Sim, que estamos em um relacionamento, ora.
— Relacionamento “sério”? Que dizer que antes era de brincadeira, um passatempo pra você? (Cara vermelha de ódio.)
— Não inventa, Lu. Eu não disse isso.
— Mas postou. E tudo o que postamos é um desabafo. Você acha que redes sociais fazem sucesso por quê? Psicólogos são mais caros que tuitadas. Em vez de analisarmos nossas agruras, acabamos nos abrindo com o mundo pelas redes sociais. É psicologia, Clodovaldo! Quer dizer que sou um peso? O que vão achar desse status? Em plena lua de mel, depois de dizer que amará pela eternidade, atualiza com “relacionamento sério”? E ainda por cima começa uma amizade com Cinthia?
— É só pelo Face, minha jujubinha.
— Se não mudar agora peço o divórcio!
— Está desconfiada, é isso? Acha que essa Cinthia é melhor que você?
— Imagina! Simplesmente entro e vejo esse seu “relacionamento sério” e essazinha aí como amiga, curtindo a nossa derrota. Não quer falar abertamente que se casou? Quer guardar possibilidades?
— Tá doida?
— Você não sabe como são as coisas? Dá azar não postar as fotos no Facebook, no Instagram, no Flogão.
— Ficou louca de vez!
— Lembra da Nilzinha? Pois é, conheceu o amor da vida dela. Começaram a namorar e ele não atualizou o status. Absurdo. Tempos depois o que houve? Descobriu que ele havia deixado de amá-la.
— Como?
— Ele mudou para “relacionamento complicado”.
— Então o nosso amor é medido pelo Facebook? Não postar a nossa vida significa que sou um homem triste e cansado de um casamento que sequer começou? Pode ter sido erro de atualização (clicando rapidamente para mudar o status, escondido.)
— Clodovaldo, você acabou de atualizar como “solteiro”! Quer realmente que eu me atire deste navio, na água gelada e morra por sua culpa?
— Olha o drama. Errei o clique. Além do mais, esse cruzeiro foi caríssimo. Espia só esses lençóis!
— Se um casal não posta as fotos e não chega à mil curtidas é término na certa, um baita azar.
— Dá para vir aqui e parar de falar? Tenho uma garrafa cheinha para comemorarmos.
— Só se postar as fotos.
— Primeiro vamos...
— Viu, começou a discussão.
— Lucinéia, não há discussão e nem azar. O arroz, sabe, aquele grãozinho branco que jogaram na gente? E as latinhas? Aquilo, sim, dá sorte. Facebook e Instagram nada têm a ver com nosso amor.
— E as curtidas? Se os amigos não curtirem seremos um casal solitário, sem colegas para partilhar nossa vida conjugal.
— … Satisfeita?
— Clodovaldo, o que significa “Cinthia curtiu isso”? Mocreias dão azar também.
— Mas você não disse que precisam curtir?
— Não qualquer uma que aparece no seu Face. Bloqueia, bloqueia agora ou peço o divórcio.

Lua de mel. Ele corre para o convés e ameaça se jogar na água gelada.

2 comentários:

Luna Santos disse...

Estava na hora de retornar ao trabalho, hein.
Como sempre engraçado na medida certa, e bem atual.
Os homens com essas manias (e as mulheres também).

Beijos e obrigado pelas risadas.

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net afim de encontrar novos amigos e divulgar o meu blog, me deparei com o seu que muito admiro e lhe dou os parabéns, pois é daqueles blogs que gostaria que fizesse parte de meus amigos virtuais.
Pois se desejar visite o Peregrino E Servo. Leia alguma coisa e se gostar siga, Saiba porém que sempre vou retribuir seguindo também o seu blog.
Minhas cordiais saudações, e um obrigado.
António Batalha.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/